Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Use o piso certo para cada ambiente

É fundamental prestar atenção na classificação, pois cada número indica um uso específico

 

Na hora de comprar pisos, é comum o cliente deparar com uma verdadeira sopa de letrinhas escrita nas embalagens dos revestimentos cerâmicos. Normalmente vem com as seguintes inscrições, P2, P3, P4 e assim por diante. É importantíssimo prestar atenção nessa classificação, pois cada número indica um uso específico para o piso que está sendo adquirido.

Uma compra errada é sua obra poderá ficar comprometida. O pior é que os danos ao piso aparecem muito tempo depois. No caso de paredes, não há grandes problemas, mas num piso cerâmico isso é fundamental. Muitos compradores adquirem esses pisos achando que a indica apenas a qualidade do piso.

Na verdade, essa classificação tem a ver com as camadas de acabamento que eles recebem nas cerâmicas, mais especificamente na parte lisa do piso, que recebeu as camadas de acabamento, Quanto mais camadas, maior será a resistência. O piso com classificação P2, por exemplo, é mais indicados para parede.

Não deve ser colocado no piso, pois devido às poucas camadas de revestimentos e, portanto, menos resistente, acabará descascando. O estrago é ainda maior se o local receber muito tráfego de pessoas.  Já um piso P3 pode ser utilizado, tranquilamente, em ambientes internos, onde há menos movimentação de pessoas.

O piso com classificação P4 deve ser utilizado em áreas externas que, além de um maior tráfego de pessoas, também recebem veículos automotores, como garagens e corredores. Por último, existe o P5, que também é usado em lugares onde, normalmente, usa-se o P4. A diferença é que o P5 é ainda mais resistente.

Receba ofertas e novidades

Deixe seu e-mail